Archive for Windows Server

Mostrar apenas aplicativos especificados do Painel de controle

1. Clique em Iniciar, aponte para Programas, Ferramentas Administrativas e clique em Diretiva de grupo.
2. Na árvore de console, navegue até Configuração do usuário\Modelos administrativos e clique para selecionar Painel de controle.
3. No painel de exibição, clique com o botão direito do mouse em Mostrar apenas miniaplicativos do ‘Painel de controle’ especificados.
4. Selecione Ativado.
5. Isso ocultará tudo no Painel de controle. Para adicionar miniaplicativos visíveis, clique em Mostrar e em Adicionar.
6. Na caixa de texto Digite o item a ser adicionado, digite o nome do miniaplicativo que deve estar disponível para exibição e clique em OK. Repita as duas etapas anteriores para todos os miniaplicativos que devam estar disponíveis para exibição.
7. Clique em Ok.

NOME REFERENCIA[

Arquivos .CPL
A lista a seguir mostra o arquivo .cpl correspondente a cada ferramenta do Painel de controle.

Arquivo .cpl Ferramentas do Painel de controle
————————————————
Access.cpl Acessibilidade
Appwiz.cpl Adicionar ou remover programas
Desk.cpl Vídeo
Desk.cpl Impressoras
Fax.cpl Assistente de fax
Hdwwiz.cpl Adicionar ou remover hardware
Intl.cpl Internacional
Joy.cpl Controlador de jogo
Liccpa.cpl Licenciamento
Main.cpl Mouse
Mlcfg.cpl Email
Mmsys.cpl Som e multimídia
Modem.cpl Telefone e modem
Ncpa.cpl Rede e conectividade
Netcpl.cpl Conectividade dial-up e de rede
Nwc.cpl Conectividade de cliente Netware
Odbccp32.cpl Conectividade aberta de banco de dados
Powercfg.cpl Gerenciamento de energia
Sticpl.cpl Scanner e câmera
Sysdm.cpl Sistema
Telephon.cpl Regra de discagem e modem
Timedate. cpl Data e hora, fuso horário
Wspcpl.cpl Cliente WSP
Wspcpl32.cpl Cliente WSP
Firebird2control.cpl Firebird

Sincronizar data e hora estações com servidor

Criar um .vbs contendo

net time \\abratel-server2 /set /yes

Após, coloca-lo no logon de cada usuário ou no tarefas agendadas para sincronizar de 10 em 10 minutos.

Mais leitura em:

http://support.microsoft.com/kb/914387/pt-br

Tirar o Ctrl + Alt + Del da inicialização de logon do Server 2003

As a security feature of Windows NT based operating systems (NT 4, Windows 2000, Windows XP as a domain member or under certain settings and Windows Server 2003) you are required to press Ctrl-ALT-DEL before being prompted for a user name and password at log-in. Personally I like the feature but some people do not, so I’ll show you how to disable it :o) Please note: This will not auto-login for you, it will only disable the C-A-D prompt and jump right to the login screen.

Method:

Click Start then Run..

In the Run box type “gpedit.msc”
Under Computer Configuration Click the + next to Windows Settings, then Security Settings, Local Policies then click on Security options
Double click Interactive Logon: Do not require CTRL+ALT+DEL and set it to Enabled, then press OK

Criar mapeamento automatico no logon do usuário 2003

Postar o script em C:\WINDOWS\SYSVOL\sysvol\DOMINIO\scripts
Após vincular no logon do usuário.

Se tiver redirecionamento de pastas lembrar de desmontar os mapeamentos no logoff

Exemplo de script para montar um mapeamento automático no windows server 2003 e renomear, colocando na área de trabalho.

@echo off
net use z: \\abratel-server2\setups
echo Set oShell = CreateObject(“Shell.Application”) >> z:\Drive_Rename.vbs
echo oShell.NameSpace(“z:\”).Self.Name = “Setups” >> z:\Drive_Rename.vbs
echo Set oWS = WScript.CreateObject(“WScript.Shell”) >> z:\Drive_Rename.vbs
echo sLinkFile = “%userprofile%\desktop\Setups.lnk”>> z:\Drive_Rename.vbs
echo Set oLink = oWS.CreateShortcut(sLinkFile) >> z:\Drive_Rename.vbs
echo oLink.TargetPath = “Z:\” >> z:\Drive_Rename.vbs
echo oLink.Save >> z:\Drive_Rename.vbs
z:
Drive_Rename.vbs
del Drive_Rename.vbs
net use v: \\abratel-server2\luizalberto
echo Set oShell = CreateObject(“Shell.Application”) >> v:\Drive_Rename2.vbs
echo oShell.NameSpace(“V:\”).Self.Name = “Documentos” >> v:\Drive_Rename2.vbs
echo Set oWS = WScript.CreateObject(“WScript.Shell”) >> v:\Drive_Rename2.vbs
echo sLinkFile = “%userprofile%\desktop\Documentos.lnk”>> v:\Drive_Rename2.vbs
echo Set oLink = oWS.CreateShortcut(sLinkFile) >> V:\Drive_Rename2.vbs
echo oLink.TargetPath = “v:\” >> V:\Drive_Rename2.vbs
echo oLink.Save >> v:\Drive_Rename2.vbs
v:
Drive_Rename2.vbs
del Drive_Rename2.vbs

##################################
Outro exemplo
CODE
Option Explicit
Dim objNetwork
Dim strDriveLetter, strRemotePath
strDriveLetter = “J:”
strRemotePath = “\\server01\pastacompartilhada”
Set objNetwork = CreateObject(“WScript.Network”)

objNetwork.MapNetworkDrive strDriveLetter, strRemotePath
WScript.Quit

Não esqueça de criar um script de logoff para que nos proximos logons.. naum apareça erro de unidade ja criada

CODE
Option Explicit
Dim objNetwork, strDriveLetter
strDriveLetter = “H:”
Set objNetwork = CreateObject(“WScript.Network”)
objNetwork.RemoveNetworkDrive strDriveLetter
Wscript.Quit

Salve os scripts como .vbs

Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003

Primeiro assegure-se que o seu servidor e a sua rede estão funcionando conforme o artigo “Requisitos e Recomendações para a instalação do AD”.

IMPORTANTE!
Este artigo é voltado para a instalação do primeiro DC (Domain Controller) em um novo AD (Active Directory), em uma nova Árvore, em uma nova Floresta.

Etapa 1 – Executar o DCPROMO
Clique no menu Iniciar, escolha a opção “Executar…”
Digite: dcpromo
Clique no botão “OK”

A janela do “Assistente para instalação do Active Directory” irá aparecer. Clique no botão “Avançar”.

Na janela de “Compatibilidade de sistema operacional” leia os requisitos mínimos dos clientes do AD. A seguir, clique no botão “Avançar”.

Na janela de “Tipo de controlador de domínio”, selecione a opção “Controlador de domínio para um novo domínio” e clique no botão “Avançar”.

Na janela de “Criar novo domínio”, selecione a opção “Domínio em uma nova floresta” e clique no botão “Avançar”.

A janela de “Novo nome de domínio” é a opção mais importante na criação do AD. Como todo o sistema do AD é baseado no DNS, a criação do nome de domínio irá afetar toda a operação da rede.

Entre com o nome DNS completo do domínio, por exemplo: contoso.com.br

Clique no botão “Avançar”.
Este parte poderá demorar alguns minutos, pois o sistema irá procurar pelo servidor DNS e verificar se o nome já existe.

Na janela de “Nome do domínio NetBIOS”, aceite a opção padrão (que é o primeiro nome do domínio DNS) e clique no botão “Avançar”.
Na janela de “Pastas do banco de dados e log”, lembre-se que a partição deverá ser NTFS e você somente deverá alterar os caminhos padrões por motivos de desempenho.

O caminho “\Windows\NTDS” é o local onde serão armazenados os dados do AD.

Aceite as opções padrões e clique no botão “Avançar”.

Na janela de “Volume de sistema compartilhado”, a partição também deverá ser NTFS e somente deverá ser alterado caso haja problemas de desempenho.

O caminho “\Windows\SYSVOL” é o local onde serão armazenados as GPOs e scripts do AD e esta pasta é replicada para todos os outros DC.

Aceite a opção padrão e clique no botão “Avançar”.

Se o servidor DNS não estiver ativo ou configurado corretamente, você verá o seguinte aviso:

Em geral, o primeiro DC do AD também é o servidor DNS (que é o caso do nosso artigo).

Lembre-se que o servidor DNS requerido pelo AD deve aceitar registro SRVs e atualizações dinâmicas.

Portanto, o mais recomendável é utilizar o servidor DNS do Windows Server 2003 e deixar que o assistente faça a instalação e configuração do mesmo.

Selecione a opção “Instalar e configurar o servidor DNS neste computador e definir este computador para usar o servidor DNS como seu servidor DNS preferencial” e clique no botão “Avançar”.

Na janela de “Permissões”, selecione a opção “Permissões compatíveis somente com os sistemas operacionais de servidor Windows 2000 ou Windows Server 2003″ e clique no botão “Avançar”.

Esta opção somente deverá ser alterada caso você tenha DCs rodando em plataforma WindowsNT, o que não é o caso do nosso artigo.

Na janela de senha, digite e confirme a senha de administrador do modo de restauração; clique no botão “Avançar”.

Esta senha é importante, pois ela não é a mesma senha do administrador do DC e deve ser usada quando houver problemas no DC ou quando o DC for removido do computador.

Na janela de “Resumo”, verifique as opções selecionadas. Caso as opções estejam corretas, clique no botão “Avançar”.

Você irá acompanhar o assistente executando as tarefas solicitadas.

Nunca clique no botão “Cancelar”, pois você irá estragar todo o computador!

Caso tenha cometido algum erro, aguarde o assistente finalizar e depois execute-o novamente para desfazer as alterações.

Caso as tarefas tenham sido realizadas com sucesso, você obterá a seguinte tela:

Clique no botão “Concluir”.

Você precisará reiniciar o computador para iniciar o AD. Clique no botão “Reiniciar agora”.
Inicio da pagina

Etapa 2 – Verificando a instalação do AD
Nesta etapa iremos verificar se a instalação do AD foi realizada com sucesso.

Primeiro, vamos verificar se todas as ferramentas de administração do AD foram instaladas. Clique no menu Iniciar, Todos os programas, Ferramentas administrativas.

Execute o programa “Usuários e computadores do Active Directory”. Verifique se o domínio “contoso.com.br” foi criado e se dentro dele existem as opções padrões de objetos.

Execute o programa “Serviços e sites do Active Directory”. Verifique se foi criado um site chamado “Primeiro-site-padrão” e dentro dele está o servidor.

Execute o programa “DNS”. Verifique se existe uma zona com o nome de domínio “contoso.com.br”. Dentro desta zona, deve existir 4 registros SRVs.

Atenção! Caso não apareça os 4 registros SRVs, isso significa que o servidor DNS está com problemas. Caso o servidor DNS não tenha sido criado e configurado pelo assistente do Windows, o problema pode estar nas configurações IP, sufixos, atualizações dinâmicas, etc. Caso você tenha problemas no servidor DNS, execute novamente o DCPROMO e refaça o AD, antes de criar usuários, grupos e computadores.

Verifique a existência do diretório NTDS e seus arquivos.
Verifique a existência do diretório SYSVOL e seus sub-diretórios.
Verifique a existência dos compartilhamentos de rede SYSVOL e NETLOGON nos “Meus Locais de Rede”.

Caso todas as condições acima estejam corretas, parabéns! Você instalou o AD com sucesso.